segunda-feira, 21 de setembro de 2009

CONTRADIÇÕES


CONTRADIÇÕES

Às vezes,
pareces uma criança,
desamparada, que precisa de proteção.
Às vezes, pareces tão forte,
que não consigo te alcançar...
Às vezes,
me surpreendo com
a tua fragilidade de sentimentos,
e não raro,
a tua inaptidão
para algumas coisas...
Mas ao mesmo tempo,
és tão divinamemnte inteligente,
que chego a me emocionar...
Às vezes,
pareces totalmente indefeso,
e inocente,
parecendo mesmo
não ter conhecimento
de coisas triviais,
e o maravilhoso é que admites:
_Não sei,me fala...
Quanta humildade em teu coração,
porque és belo
em tudo que tu és,
És magnífico,
em tua simplicidade,
em tua nobreza,
em teu grande coração,
que ama, que se doa.
"Exitem pessoas que nasceram
e passam a vida inteira
sabendo amar...
Outras, passam a vida inteira
aprendendo amar".
Embora demonstre que está aprendendo,
Você ama, e sabe ensinar.
E eu admito:
É impossível não te amar...

Giovanna