segunda-feira, 21 de setembro de 2009

ONDE ESTÁ O MEU AMOR?


ONDE ESTÁ O MEU AMOR?

Será que sonha agora,
como eu?
Será que vela e olha
como eu?
Caminha pela praia,
doura a pele macia;
tão linda e mais...
penso só em voce,
me alimento de seu olhar.
vivo o seu ser;
só sei ser voce.
onde anda meu amor?
o dia já findará,
a noite insolente
vai chegar.
tomara traga o meu amor.
sublime, lume, luminosa.
raio lunar,
cheiro de mar.
sargaços, perólas.
Vou te amar
no infinito finito,
no silêncio do grito
dos amantes alucinados.
nos penhascos
vastos,
trincheiras,
hangares,
ladeiras,
só resta saber
e viver:
Por onde anda meu amor?

Gustavo Drummond