domingo, 11 de outubro de 2009

AMO-TE...


AMO-TE...

Ao ouvir o canto dos passarinhos
Que ao nascer batem asas
Voando de seus ninhos.
Amo-te...
Ao desabrochar das flores
Que alegram colorindo
Os corações e os amores.
Amo-te...
Ao eclipse do sol e da lua
Que se unem
Num momento único
Traduzindo a pura magia.
Amo-te...
Ao viajar em meus sonhos
Onde encontro você
Estendendo suas mãos
Tocando com suavidade
E delicadeza a minh?a alma.
Amo-te...
Ao inspirar, expirar,
Respirando apenas,
Porque você existe.
Amo-te...
Hoje muito mais que ontem
E não muito menos que amanhã.
E assim...
Eternamente Amando-te
Amar-te-ei sempre!

Má Salvatori