quarta-feira, 28 de outubro de 2009

AMOR VERDADE


AMOR VERDADE

Quando a sombra da discórdia se aproxima
Buscando em corações apaixonados abrigo
O amor consegue dar a volta por cima
E não permite ser por ela envolvido.

E segue em frente driblando a desventura
Triunfando sobre os reversos do destino
Não fazendo do ciúme uma loucura
Removendo todas as pedras do caminho.

Ciente que desperta a inveja traiçoeira
De quem não pode dele usufruir
Leva consigo a paz a vida inteira
Porque sabe que nada o pode destruir.

O verdadeiro amor não faz cobrança
Não exige de quem ama perfeição
Viaja além do que a alma alcança
É muito mais que desejo e paixão.


Amar é sentir a dor da ausência
E na presença disparar o coração
Ser solidário na saúde ou doença
Ser companheiro, amigo e irmão.

Para o amor não existe distância
Que ele não consiga alcançar
Tem o poder da fé e esperança
E nada existe que o possa superar.

Só ele entende que a idade é uma flor
Botão de rosa prestes a desabrochar
E mantém aquecido o mesmo amor
Quando o tempo faz a juventude acabar.

Dessa fonte de inesgotável inspiração
A poesia vai colorindo minha estrada
Em cada verso uma nova emoção
Que flui de minha alma apaixonada.

Nasci de um amor e com ele fui criado
Por aqueles que amarei enquanto viver
Serei sempre um romântico obstinado
Em meus poemas nunca o irei esquecer.

Ele é o tema que me deixa fascinado
Meu céu sublime e estrela guia
Sol que brilha no horizonte abençoado
A luz que existe em minha singela poesia.

Falcão S.R - RJ