sábado, 10 de outubro de 2009

ANJO DE LUZ


ANJO DE LUZ
Quero-te, te sinto
Nada além, pertenço
Tudo é tão sublime
Descobri, amo um anjo
Desfiz conceitos
Quis me perder
Não podia nosso amor
São almas ligadas
Que se reencontram
Um ser do universo
Ama-me, sem formas
Sou teu mundo, seu elo
Entre dois mundos
Um sol, estrela
Tornei-me seu amor, eterno
Mas por que um anjo?
Tanta certeza, uma cética
Cada momento juntos
Amor de almas
Prometidos um ao outro
Muito antes de nascer
Junto descobriu a existência
De mistérios ainda a serem escritos
Anjo luz, de brilho intenso
Venha sempre, me cubra com tuas asas
Ser amada assim não é humano
Guia-me, me leva divindades em esperanças
Duas faces, uma divindade
Energias que permutam em um anjo celeste
Amores descobertos, vividos
Sem falas... Em sintonias
Se dores existiram... O encontro foi LUZ
Começo de vida plena
Você veio meu ANJO DE LUZ, me acolher em teus braços...

Vitoria Lemos