domingo, 4 de outubro de 2009

CAMINHO DE FLORES


CAMINHO DE FLORES

Se flores estão em meu caminho
Faço o possível de te encontrar
Se afago o jardim com carinho
Essa sua essência quero amar
Não demores a me encontrar
Quero logo ouvir a tua voz
Não quero contra o vento lutar
A falta de sua brisa é atroz
Seus braços fortes me aquecem
Em notas sutis me faz sentir
Talvez como um majestoso totem
Esperando o amor que há de vir
Quero recuperar o tempo perdido
Senti-la entrelinhas dos prazeres
Nas carícias do amor apetecido
Resta sentir o aroma das flores
Entre flores não quero ficar sozinho
Se neste jardim não tiver seu amor
Não sentirei aroma nesse caminho
Nem da bela flor admirarei sua cor

Carlo Magno