quarta-feira, 28 de outubro de 2009

EU ABRACEI O AMOR


EU ABRACEI O AMOR

Quando resolvi fugir de mim,
Saí de pés descalços, ares afora,
Eu só queria levitar.
Levitando, conheci outro mundo;
O mundo sonhado. Lá, onde todos
Deveriam está não há tanta gente;
Há uma paisagem viva,
Muitas flores e, em cada
Recanto um encanto.
Senti o cheiro da terra,
Num solo sem guerra,
Vivi um temporal de pétalas
E, no meio dele, eu vi o amor.
O amor possui reflexo multicor,
E em cada cor uma virtude.
Envolvida no raio de luz
Do que acabara de ver
Eu abracei o amor

Áurea Nunes