segunda-feira, 9 de novembro de 2009

ANJO DO AMOR


ANJO DO AMOR

No vagar das nuvens
O azul do céu responde

As suas imagens me rondam
Corre mais que a imaginação

De branco se veste
Como noiva coroada de perolas
Iluminada como anjo do amor
A me esperar

Se eu puder te alcançar
Ainda ES mais rápida que eu

Como saber se ainda estará lá
Cada dia fica mais bela

Quem sabe se não vais se transformar
Em muitas outras formas
Que eu nem possa imaginar

Como eu vou te reconhecer?
Mais tomara
Que eu possa te encontrar
Como uma estrela radiante
Musa do amor

A mulher que eu vivo a sonhar
E saberei sempre te amar......

Cláudio D. Borges.