quarta-feira, 4 de novembro de 2009

NÃO ME NEGUE


NÃO ME NEGUE

Não venha me negar,
o teu sorriso,
não venha me negar
o teu abraço,
a tua alegria,
nem a graça da tua rebeldia,
o coração não irá suportar,
perdi o compasso,
tu infernizastes minha alma,
e simplesmente pede calma,
não! não venha me negar o teu amor,
nem fale em esquecer
o teu corpo manhoso,
e teu beijo gostoso;
Agora pare amor,
reflita
sem a luz do teu olhar,
nesta vida
já não sei caminhar...

Andrade Jorge