terça-feira, 10 de novembro de 2009

Sou assim feito o vento que te beija na noite escura


Sou assim feito o vento que te beija na noite escura
quando abres a janela e fecha brevemente os olhos

Sou a mão da vida que te acaricia a pele e te percorre o corpo
num deslizar harmônico de paz e serenidade

Sou como o remanso do rio que molha teus pés na tarde de outono
quando passeias sem rumo a pensar nas coisas vãs da vida

Sou o pensamento que te chega nas tardes findas de verão
quando o sol disfarça no céu seus últimos raios

Sou o voo do pássaro que migra para terras distantes
a procura de abrigo e leva nas asas a doce esperança de um novo porvir

Sou tudo isso dentro do meu coração
porque acredito no amor e na esperança de dias melhores
nos sorrisos abertos em manhãs radiantes
e nas cantigas de sonhos em noites estreladas

Lou Witt