quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Árvore de Natal


Árvore de Natal

A minha árvore tem:
a cor da esperança
o sabor do perdão
o cheiro do amor

Adornei-a com lágrimas de alegrias,
luzes da magia eterna
de fazer o bem
sem olhar a quem

Mas é uma árvore simples
como a alma da natureza
sem luxo, nem pedrarias,
apenas traz o encanto
dos sinos de dezembro
que partem o silêncio
da indiferença escravizada

Abriga em sua paz,
um sorriso acolhedor,
as gotas de orvalho
do universo sem cor

Alcança a luz,
cura insolentes angústias
busca o meu todo em tudo,
une o homem a Deus!

Conceição Bentes