sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

ENCONTRO


ENCONTRO

Na alegria do encontro,
Nos exageros do momento,
Estávamos em estado de graça,
Naquele fiel sentimento.

O mar abençoava o instante e
A Mata Atlântica,
Em contraponto estonteante,
Iluminava a Terra,
Para dar boas-vindas aos visitantes.

Portanto, amigos,
A alegria não tem preço,
Amigo guardo no peito,
No regaço do entremeio.

Se pudéssemos ser sempre um conjunto,
Não nos sentiríamos contrafeitos,
Pois fiel é o prumo carregado no peito

- Construção perfeita.
Amizade Verdadeira

Permanente sentimento.

Se o sentir parece absurdo,
Nos pomos mudos.
Preferimos a alegria
Da fantasia
Daquela tarde primaveril.

Regina Lyra