quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

EU...POETA!


EU...POETA!

Na primavera quero conquistar
teu coração andar de mãos
dadas por entre as rosas dos jardins
embriagar-me
entorpercer-me
com o perfume que exala de
tua pele macia...
tu és a estação das flores!

Trazes no teu tímido sorriso
qual teclas de marfim todas
as lindas melodias de amor
nos teus olhos espelhos de
tua alma refletem
o brilho das estrelas!

Ah! O amor me faz Poeta!
e quero escrever todos os
versos do mundo pra ti
fonte de minha inspiração
e desejos...

Amo-te ...Amo-te!
Mas tanto que meu coração
chega a doer...
e é tão sincero o meu sentir
verdadeiro
eterno este amor
realização dos meus sonhos
profundos acalentados
pela minha alma...

Tu és a minha felicidade
meu canto luminoso
a brisa ...o mar...
a minha paixão...
a verdade da minha vida!

Ah! O amor me faz poeta...
e estes versos são pra ti!

Celina Vasques