sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Implacável...


Implacável...

O tempo voa...
Quem deu asas a esse cara?
Ele passa, atropela e vai
Sempre vai, nunca para
Não respira, não descansa
Come vida, bebe lágrima

Ricocheteia em sorrisos
Segue, pisando calos
Roendo ferro
Devorando séculos
Singrando, sangrando, cicatrizando
E vai, não para...
Comendo vida, bebendo lágrima

O tempo é isso, é bicho
Fera solta, indomada
O perdido que nunca se acha
Não conhece contramão
Sempre passa, nunca volta
Não se importa
Não olha em volta
Sempre em frente
Bebe lágrimas, come vida
Devora gente

Ele passa e lhe chama
Você vai ou você fica
Você escolhe
A ele nada importa
Quem vive ou quem morre
Ele só ensina
Uma única lição
Siga sempre em frente
Seja leve ou pesado
Seu coração
Não economiza vida
Vida guardada é sofrimento
Vida usada é diversão

SamisXela