quarta-feira, 9 de dezembro de 2009


QUEM?

Quem pode dizer ao certo
quantas luzes há no céu
e se o coração deserto
se abrirá junto do meu?
Quem pode conter o pranto
que ao escorrer tanto arde
desfazê-lo por encanto
na brisa amena da tarde?
Quem garante o seu abraço
no aconchego da manhã?
De esperar nunca me canso
por seu amor...seu elã.
Quem plantará outro sol
bem dentro do meu olhar
e um sorriso de arrebol
todo pra lhe conquistar?

Basilina Pereira