terça-feira, 15 de dezembro de 2009


QUERO

Não tenho tempo
A vida é curta demais
Quero vive-la no limite do impossível

Quero saborear a luz da Lua
numa noite quente de Verão

Quero ouvir o som do mar
no seu encontro imediato com o meu corpo

Quero viver o que me é possível e o que não me é

Quero fazer tudo o que quero no mínimo de tempo

Quero aprender a luz do Sol

Quero soltar o Eu que anda perdido cá dentro

Quero-me melhor do que souQuero amor...
liberdade
medo
paixão
A vida como a mais bela e melódica peça de música

Jorge de Campos Teixeira