segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010


Cupido Intenso

Cupido danado,
atrevido, matreiro,
me pegaste de jeito e
do jeito mais certeiro.
Calma cupido amigo, não estou zangado e até aproveito
para te agradecer, por tanto, assim, me enternecer.
Acertaste-me, arqueiro voador, me agraciando
com o que eu mais precisava e nessa minha
vida mais ansiava... Que era viver em fato
um grande, autêntico e primoroso amor.
Agora flechado
me deixo ir levado,
absolutamente inebriado
por essa afetuosa armadilha,
que você miúdo anjo, me aprontou.

Antônio Poeta