sábado, 20 de fevereiro de 2010


No sofrimento encontrei o Amor

No desejo de aproximar da flor, machuquei nos espinhos
Na vontade de ter amigos, mergulhei na solidão
Na ânsia de buscar a verdade, perdi-me nos caminhos
Na fuga de meus problemas, fui conduzido à prisão

Num sonho de liberdade, aprisionei o coração.
No querer criar asas e voar, cai ao fundo do mar
Para esconder dos medos, dei-me de frente com a escuridão
Enfim, em tanto querer e buscar, perdi-me sem nada encontrar.

Porém, embora tenha sido muito machucado
Sinto-me feliz porque pelo Amor fui encontrado
Nele toda as respostas que buscava encontrei.

O Amor que se deu pelas mãos de quem me acolheu
O Amor daquele que me fortaleceu e jamais se afastou
O Amor incondicional de Deus que me restaurou.

Ataíde Lemos