segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010


Se eu me conhecesse

Se eu me conhecesse
Não cometeria tantos
Erros desnecessários.

Não falaria sem pensar
Não ofenderia para depois me desculpar
Não guardaria tantos rancores.
Que machuca o corpo e a alma.

Perdoaria mais, falaria menos
Se eu me conhecesse
Teria mais paciência
Teria mais amor, e menos ira.

Seria mais piedosa
Mais calma
Amaria mais
Ajudaria mais.

Mais eu não me conheço
Às vezes sou estranha
De mim mesma
Tarde de mais digo:
Porque fiz isto?
Porque fui rude?
Porque não apoiei o mendigo
Porque senti nojo?
Porque faço o que não quero
E o que quero isso não faço.
Que pena eu nem me conheço.

Terezinha C Werson