segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010


VOCÊ...A LUA E EU

Seu rosto delineado
Vejo no retrovisor
Bem longe, no passado,
Marcas do que ficou

Olho a lua, lá no alto,
Tão distante assim
Clara, linda, inatingível
Como se zombasse de mim

Paro extasiada
Olho a imagem refletida
Assim como a lua, meu amado,
Sempre estarás na minha vida

Refletindo raios e luz
Em noites de solidão
Eu olho a lua no céu...
ficas em meu coração.

Kedma O'liver