quinta-feira, 11 de março de 2010


Ah se eu pudesse...!

Recomeçaria sem pressa, sem culpas
com mais coragem, mais espontânea,
optando em ser feliz
mais do que fiz

Colocaria mais poesia
em minha manhãs,
e ousaria desafiar o mundo
amando mais a liberdade

Tiraria das minhas perdas,
a sabedoria do viver com elas,
da minha passagem transitória,
faria meu caminhar sem fardos
sorvendo até a última gota
os desertos de mim

Deixaria em cada estação
paisagens submersas
nas chuvas de verão
com o odor da primavera

E faria da minha hora,
a chegada do sol nas rubras manhãs,
não deixando vestígios
do que foram exílios dentro de mim

Conceição Bentes