sexta-feira, 16 de julho de 2010

ENCONTRO


ENCONTRO

Se um dia eu - por acaso - te encontrar
Que seja, para sempre, envolvente
Que eu possa eternamente relembrar
Que entre nós não foi: casualmente

Que eu sinta nesse encontro alegria
E que tudo vire cores, noite e dia
Que eu viva para sempre o bom momento
Explicado só em mim - por sentimento!

E que desse novo encontro eu renasça
Que eu sopre toda dor feito fumaça
E exatamente quando viver tudo isso
Que eu possa repensar tudo que sinto

E assim, depois do encontro que não perca
A alegria de manter a chama acesa
E do encontro com o amor que nunca esqueça
O amar e o mais amar que me mereça!

- Adriano Hungaro -