terça-feira, 27 de julho de 2010

TE QUERO MEU


TE QUERO MEU

Te quero meu
Te quero solto, te quero livre.
Quero ler nas entrelinhas dos teus gestos
o desejo de amar.
Sentir o teu perfume
alcançar os meus pensamentos
como um vício provocado
que vem de encontro à vontade incessante
de ter, de ser.
Hoje te quero meu
como em um conto de fadas
na suavidade de um encontro
num jardim de flores raras.
Você! O príncipe dos meus sonhos!
Em uma noite especial
tendo apenas a lua e as estrelas
como testemunhas de intensas horas de amor.
Te quero meu
com mimos e dengos
com doces palavras.
Te quero
em um olhar penetrante,
em um sutil toque de mãos,
na suavidade de um carinho,
em um afago envolvente,
em um beijo quente.
Te quero meu
num clamor silencioso.
Num vôo livre direto ao nosso coração,
viver a eternidade do presente.
Te quero na minha história
no meu hoje, no meu sempre.
Te quero meu.
Te quero amor.

Lenilce Azevedo