terça-feira, 24 de agosto de 2010

Por te amar


Por te amar

Por te amar, deixo livre seu caminho
Não vou mais cobrar teus carinhos
Nem mais exigirei que me de atenção
Procurarei manter o ímpeto do coração.

Não se constrói a força um relacionamento
Nem se impõe ao outro um sentimento;
Para amar é preciso saber ganhar e perder
Sem oprimir o outro para amor receber.

Por te amar deixarei este amor para o tempo
Ele será o senhor que conduzirá a história
O importante é tê-la sempre na memória.

E cultivar a certeza de que, o que há de ser
Nem a tempestade ou o revés das estações
Levarão o que está selado para acontecer.

Ataíde Lemos