quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Eu vou te esperar.


O meu amor,
Transcende o imortal,
Sublima o meu intimo,
Não vai morrer,
Nem apagar,
Ou sumir.
Ele vai ficar sempre perto de você,
E sempre te acompanhará.

Será a minha personagem dos meus sonhos,
Dos meus anseios, a projeção de um grande amor.

Lançarei a minha sorte,
Deixarei acontecer;
O imprevisível pode acontecer.

Num céu aberto,
Num campo infinitivo de opções,
Eu serei mais um entre tantos,
Que poderei ser escolhido, premiado.

Meus pensamentos estarão sempre com você,
Acompanharão-te seguirão os seus passos;
É a melhor forma que eu aprendi,
Ficando de longe, não interferindo na sua escolha,
Mas mesmo assim pensando sempre em você,
De coração estarei ao seu lado.

Eu estou a te esperar,
A sonhar com o meu maior tesouro,
Rezando para que esse dia possa chegar...
Mesmo que não posso te ganhar,
Eu nunca deixarei de te amar...

Cláudio D. Borges.