quarta-feira, 20 de outubro de 2010

SEM SONHAR...? NEM PENSAR!


A vida às vezes machuca
Acontecimentos magoam
Verdades chocam
Injustiças torturam
Desamor mata...
Aí, é hora de ir!
É preciso fugir
Fugir do real
Seguir viajando
Nas asas da mente
Ao encontro da liberdade
Da felicidade e da fantasia;
Ah, é tão bom...
Tão bom que até vicia!
Ainda que meus pés
Estejam presos ao chão
Que eu seja rotulada de louca
Débil mental ou sem noção
A importância pra mim é pouca!
Meu coração me leva
A voar em qualquer direção.
Vem, siga comigo
Siga "perdido"!
Voe alto, como a águia serena!
Aqui a liberdade é plena!
Feito o trato:
Vamos viver o abstrato!
Venha pousar em meu mundo
Seja noite ou seja dia
Aqui é pura magia!
É o mundo que eu criei
Pra que eu possa viver!
Essa carona, acredite,
É tentadora... é imperdível;
O difícil, reconheço, é voltar
Desse mundo tão incrível!
Mas, vale a pena ir,
Pode acreditar!
Porque viver e não sonhar
Jamais... nem pensar!

Beth Joy