terça-feira, 9 de novembro de 2010

Amor que me faz viver...


Como dominar essa paixão
Que queima assim meu coração?
Como ignorar esse fogo a me percorrer
Só de pensar em você...?
Não tem jeito...
Se essa ferida é profunda
E machuca meu coração
É também – que ironia
O que me faz viver!
Coração sacudido
Pelos ventos da paixão,
Eterna sensação
De que já fomos um do outro;
Perfeita sintonia
Entre o seu e o meu desejo...
Mas... pra que explicar
Se ninguém vai entender?
Ah, se eu tivesse tudo,
Se eu tivesse o mundo
Ainda assim
Eu só queria... você!

Beth Joy