segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Nostalgia


Junto com o dia,
Que se despede mansamente,
Nasce dentro de mim,
Essa nostalgia,
-Que não sei de onde vem-

Dos momentos vividos,
E dos que me foram furtados,
Trago em mim,
Essa lágrima presa na garganta,
Que cala minha voz,
Perco o meu rumo,
A coragem adormece,
E o medo prevalece,
Chamo-te em silencio,
-Escuta-me!!!-

Preciso do teu carinho,
Da tua força,
Dessa luz que somente tu tens,
Que ilumina minha alma,
E me devolve o sorriso,
E me faz seguir em frente,
Sinto falta do teu olhar,
-Desvendando minh'alma-

Das tuas mãos nas minhas,
Do teu sorriso,
-De menino levado-
Da tua voz,
-Que me guia-

Que me acalma,
E me arrepia,
Ouça-me!

Atenda o meu chamado,
Arranca de mim essa dor,
Essa nostalgia,
Que só não sinto,
Quando estou junto a ti,
E quando te sinto junto a mim...

[Patricia Montenegro]