sábado, 29 de janeiro de 2011

MARCAS DO TEMPO


Muito se ouve falar em coração tatuado
Mas tantos não sabem o porquê
É um coração que tem marcas do passado
E insiste em não esquecer

Um coração tatuado é um coração triste
Que não deseja outro amor conhecer
Vive maltratando-se como que em riste
Passa pela vida sem se permitir viver

Um coração tatuado é marcado por feridas
Que atingem o corpo e também a alma
Não permitindo outro caminho prosseguir
Perde a alegria a estima e também a calma

Coração tatuado mata devagarzinho
De marcas profundas no decorrer da estrada
Tantos percalços na vida tatuam corações
A tatuagem é indelével, não podendo fazer quase nada

Vê-se que tatuagem é marca de todo ser vivente
Pelo passar do tempo de amores vividos sonhos perdidos
E que em cada ser humano foi introduzida de repente
No coração dilacerado que não luta para curar a alma
E se torna escravo de outrem ficando dependente

Tatuagem
Indelével
Marcas do tempo.
Você!

Rô Lopes