sábado, 2 de abril de 2011

AMAR É SOFRER?


A Vida passa...
e tu nem vês!
Ocupado que estás
a correr, atrás
do que não importa!

Como podes não perceber
o meu amor a te envolver?
Meus lábios a querer te dar
os beijos mais doces
que jamais provaste?

Não sentes o clamor de meus braços
ansiando por te envolver
num amplexo caloroso...
aconchegante... Sem fim?

Ah! Os meus olhos!
Eles te buscam sem cessar,
querem se ver refletidos
no brilho do teu olhar!

Todo o meu corpo clama por ti,
num frenesi, num desejo sem fim...
minha pele queima, meus corpo estremece,
meus lábios balbuciam teu nome,
qual se fosse fervorosa prece!

És meu amor, meu tesouro ímpar,
és minha devoção, meu anjo de proteção!
Por quê? Por que foste assim cruel?
Me deste o inferno...
mas havias prometido...o Céu!!!

FatinhaMussato