domingo, 17 de abril de 2011

QUEM SOU?!























Sou alvorecer, sou os raios dourados
Do sol, sou anoitecer, as estrelas e o luar.
Sou as místicas madrugadas,
Renascendo igual uma flor orvalhada.

Sou encanto, acalanto e nostalgia.
Sou alegria, sou a beleza da poesia
Com sua sutileza indelével
Inspirando meu dia-a-dia.

Sou o reverso, sou verso, sou tema.
Sou a rima ou não do poema.
Sou um paradoxo, sou calmaria e explosão,
Sou razão e ao mesmo tempo emoção.

Sou tristeza, sou meus ais,
Sou eterno aprendiz
Aprendendo a manusear o giz
Na escrita dos meus gêneros textuais.

Sou o verde esperança da mãe natureza,
Sou a sinfonia dos passarinhos.
Sou peregrino beija-flor,
Apaixonado pela delicadeza da flor.

Sou meus erros e acertos,
Não sou perfeito, sou ser humano
Singrando mares e oceanos
Na concretização dos meus sonhos.

Sou mistério, sou hieróglifo.
Sou a esfinge sobrevivente do tempo
A ser decifrada em todos os momentos.
Sou à força do meu pensamento.

-**-Elias Akhenaton-**-