segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Liberdade

Liberdade

Liberta o seu
coração
do apego, do medo
da mágoa, do ciúme,
de todos os
pensamentos negativos,
e sinta-se livre
de verdade.

Liberta-se do
sofrimento do passado
para que a sua
alma se livre do cárcere,
e assim não se
sentir julgada condenada,
pelas provas e aflições
da vida.

Liberta-se e viva
o vindouro,
para que você possa
enxergar uma nova luz,
um novo horizonte
que se descortinará em sua vida.

Liberte-se para um
novo amor,
abrace, ame;
mostre que você pode se renovar,
se transforme;
sabe que depois de uma tempestade
o sol aprece radiante
a iluminar.

Liberte-se e
mantenha acessa a chama do amor,
seja qual for à circunstância,
mantenha o brilho,
o esplendor no seu olhar,
mostre que a sua
fé não se abala
por motivo nenhum
e que o amor vence
qualquer barreira...

Cláudio Domingos Borges