domingo, 4 de setembro de 2011

PRIMAVERA DO AMOR


PRIMAVERA DO AMOR

Florescer de esperança
Bem, tenho na lembrança:

Faz um ano que o amor chegou
Era primavera, linda manhã de sol
Coberta pelas flores mais belas

Com a sensibilidade de um anjo
O amor veio me acordar
Com seu jeitinho delicado me despertar

Disse-me: Olá, tudo bem?
Beijou-me a face com carinho
Deu-me a flor mais linda
Chamou-me de querida

Sorri... Percebi: Estou viva!
O amor me chama!

Medo, insegurança, me dominava
O amor insistia, eu resistia
Era diferente seu jeito de me falar
Eu tinha receio de aceitar, mas eu queria

Aos poucos me deixei levar
Precisava deixar a primavera do amor
Florescer meu coração
E como magia o amor renascia

Me refiz... Asas novas ganhei
Em manso vôo do chão me soltei
O amor me deu a mão deixando-me segura
E com ele pude voar na mesma direção

Com seu jeito romântico,
Aos poucos me desnudou
Invadindo minha inocência
De menina flor
Em mulher intensa me transformou

Este amor foi mais bonito
Foi profundo, completo
O amor me chamava, eu respondia
Sempre na mesma sintonia

O inverno chegou,
O amor outro rumo tomou
Desprovida me deixou
Interrompendo os sonhos meu

A primavera retorna
Sorrindo como naquela manhã
Os campos estão em flores
O amor quero reencontrar
Para meu coração colorir em mil cores

Por este mar vou navegar
Para o amor buscar
E na calmaria das ondas
De primavera vamos bailar

Na areia da praia
Quero ao amor me entregar
Sobre o brilho das estrelas deliciar

Quando o amanhecer chegar
Juntos vamos cantar
A mais bela canção do mar
As flores se abrindo,
A natureza sorrindo

Rosas vermelhas a despetalar
Como confetes nosso corpo cobrirá
.
É primavera!
Nosso amor de novo está no ar!
Esta certeza eu tenho:
Tudo se repetirá

Um amor verdadeiro não pode acabar
Te amo! E a cada primavera vou te esperar!

Flor de Esperança (Maria Beatriz Silva)