quarta-feira, 26 de outubro de 2011

FONTE


FONTE

Como posso querer-te
só pra mim
Se a lua te ama
O sol te deseja
As estrelas te clamam
E o mar te corteja?

És fonte abundante
jorrando água em
seu frescor

Banhar-se em tuas nascentes
é inundar-se na imensidão
do Amor

Amor magia e tão devotado
Amor sublime e tão abençoado

És pedra preciosa
lapidada pelo Criador
Na alma o perfume da rosa
na mais pura essência
do Amor.

Rosana Ribeiro