sábado, 8 de outubro de 2011

Volta Meu Amor


Volta Meu Amor

Hoje de ti tão distante
Na solidão sem ter fim
Olhando para o horizonte
Peço que voltes para mim

Numa estrela cadente
Na onda clara do mar
Numa manhã reluzente
Na luz que vem do luar

Sinto na dor da saudade
Que amar às vezes é ruim
Quando uma tempestade
Deixa um silêncio assim
.
Nas noites que em vigília
Nem vejo o tempo passar
Sentindo tanta agonia
Só por querer te encontrar

És meu tesouro brilhante
Jardim repleto de flor
Beleza de um diamante
Pura essência do amor

Fé que renova a esperança
Rio correndo para o mar
Sorriso de uma criança
Minha vida tão singular
.
Quero de volta a alegria
Que um dia o vento levou
Deixando a melancolia
Que nunca mais me deixou

Vem que te espera tão triste
Tudo que sempre foi teu
A mesma roseira existe
Mas nunca mais floresceu

Assim vai passando o tempo
Andando bem devagar
Espero a todo momento
Que voltes para ficar

Agora sabes toda realidade
Do quanto carente de ti estou
Mas persistindo a saudade
Vou procurar outro amor.

Falcão S.R - RJ