terça-feira, 10 de abril de 2012

SEMPRE AO TEU LADO...

SEMPRE AO TEU LADO...

Se fitares meu olhar...
Enxergarás o quanto eu te quero,
O quanto quero te amar!
Pois desde o início...
Esse sentimento tomou-me como um vício.
É um tanto te querer!
É um amor que não tem fim,
Que em meu peito faz crescer
E aos poucos, assim...
Preenche o vazio que há em mim.
Fico à espera do teu beijo,
Os teus carinhos...
Eu anseio...
Estar contigo e em teu peito recostar,
Para que em teus braços eu possa enfim descansar.
Quero ver em teu olhar
O amor que aos poucos se refaz
No coração que bate sem razão
Pois segue a harmonia da emoção.
Quero oferecer-te meu sorriso,
Meu ombro amigo,
E a teu lado caminhar.
Quando de mim precisares,
Que mesmo sem palavras,
Apenas nossos olhares...
Possam um ao outro confortar.
E assim no toque das nossas mãos,
Nos dedos entrelaçados,
No pulsar de um só coração,
Juntos estaremos...
E serei feliz por tanto ter te amado!

Luciene Martins Tanaka (L.M.T)