quinta-feira, 24 de maio de 2012

Dando asas à imaginação


Dando asas à imaginação

Queria poder dizer o que sinto por ti
Falar do desejo, em ver, conhe cer, sentir-te
Mostrar-te meu olhar, que brilha em te imaginar
O meu sorriso, ao escutar sua voz... Sem ouvir

Queria poder mostrar... Minha felicidade,
Em saber de ti, felicidade em saber que vives
Que respira e suspira por mim, suspira por mim,
Mas não sabe... Que suspiro... Que vivo por ti.

O meu viver e meu suspirar é só por imaginar
Queria poder, mostrar-me... Olhar-te e olhar
Tornar sonhos, linda realidade de não mais imaginar,

De não mais apenas sonhar, realidade em sentir o gosto
Realidade de entregar-me à imaginação aos sonhos,
De ter você... Queria tanto que soubesse de mim.

Você, em minha vida é tão real que penso vez por outra
Que me escutas, de tanto que chamo por ti, penso em ti...
Não percebestes ainda? Que te beijo todos os dias.

Mara Roubert