quarta-feira, 17 de abril de 2013

Surpreenda-me...


Surpreenda-me...

Vaza desse espaço vicioso
Afasta toda essa mesmice
Explora a tua criatividade
Não vês que ainda respiras!
Surpreenda-me...

Fala-me sobre os teus planos
Os mais ousados, audaciosos
Que pretendes por em prática
Mesmo que incompreensíveis
Surpreenda-me...

Conta-me dos filmes, das
Músicas e dos livros que
Exerceram em ti uma forte
Influência, emocionaram-te
Surpreenda-me...

Descreva-me um desejo teu
O mais íntimo de tua alma
E na seqüência... Um medo
Aquele que mais te aflige
Surpreenda-me...

Se você se mostrar assim
Não vou saber resistir
Vou dizer que você
Surpreendeu-me!...
E conquistou-me!...

Ricardo G Denunes ®1407A1