sexta-feira, 5 de julho de 2013

Tempo

 

Tempo

Quão triste e cruel é esse tempo que nos separa.
Insistindo em nos causar tantos desencontros
Ferindo sem piedade um coração que ama
Tornando-me refém daquele, que me deveria servir de resgate


Tudo isso por querer você...
Mas não seria honesto desistir, não agora.
Já que estou preso, suportarei as consequências,
E aguardarei firme o tempo que nos espera

Farei sim por Amor, farei sim por você
Pois o tempo que nos Separa é Triste e Cruel
Porem o que nos Espera é Belo e Eterno.

Por : Fulvio Ribeiro