sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Perdi-me



Perdi-me

Perdi-me no tempo!
Tempo que não tem mais tempo
Que nos deixa sem alento...
Perdi-me no tempo!
Naquele tempo
Em que tudo era tempo
Tempo de brincar, sorrir, amar,
Ajudar o outro...
Perdi-me nesse tempo!
Agora não tenho mais tempo,
Para sonhar ser feliz, amar...
Digam-me!
Onde está o tempo?
Aquele tempo em que se brincava,
Amava, ria e cantava...
Penso que o tempo se cansou!
Porque dele ninguém mais se lembrou
Agora ninguém tem tempo!
Tudo mudou...
O tempo passou.

Maria Irene Frieza