sábado, 30 de novembro de 2013

O MAR E A LUA




O MAR E A LUA

No fim do dia, quando chega o entardecer
O Mar, antes tranquilo, se agita lentamente
São os carinhos dos raios da Lua, sua amada
Que, com suas ondas, o acariciam docemente

A cada instante mais agitado ele se torna
Fascinado com todo seu brilho encantador
E a lua, altiva e majestosas como uma rainha
Mantém ainda mais cativo o seu eterno amor

O Mar e a lua se encontra todos os dias
O sol separa este lindo encontro de amor
Para um reencontro divino repleto de magia!

Todas as noites, espero-te pacientemente
Amando-te todos os dias como muito ardor
Como o Mar espera a Lua, eternamente..

Nádia Santos