domingo, 29 de junho de 2014

Esperando



Esperando

Enquanto espero por ti
Neste beco da minha fantasia
Vou pensando as frases certas
Que sempre pensei que nunca te diria

Enquanto espero por ti
No meu próprio ser encurralada
Procuro no amalgamo da minha alma
Palavras que tudo dizem, sem dizerem nada.

Enquanto espero por ti
No meu ser de mulher apaixonada
Desfilam no meu coração quebrantado
Vestígios de uma vida, um passado.

Enquanto espero por ti
Agarro-me com firmeza e devoção
Ao encanto feérico do passado
Que foi o nosso amor, a nossa paixão.

Maria Irene Frieza