quinta-feira, 26 de junho de 2014

Minha Travessia


Minha Travessia

Atravessei o oceano
Ainda tão pequena, tão frágil
Não sabia as razões que me traziam aqui

Atravessei o oceano
E apenas uma mão segurava a minha
A mão de quem me conduziu a ser o que sou

Atravessei o oceano
Deixando para trás 
a vida que nunca poderia ter

Atravessei o oceano
Trazendo na bagagem
apenas a esperança de dias melhores

Atravessei o oceano
E aqui cresci, amei, sofri, chorei...
Sobrevivi!

Atravessei o oceano
E restou-me apenas
as lembranças do que nunca vivi,
das pessoas que nunca conheci

Atravessei o oceano
Em busca de paz,
de compreensão e de amor

Atravessei o oceano
Atravessaria o mundo,
O Universo...

Atravessaria o infinito...
Apenas para reencontrar-te... Meu amor!

Lúcia Polonio —