segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Meu amor e a brisa


Meu amor e a brisa

A brisa do vento beija-me o rosto 
nela, o sussurro tem o som tua voz
perturba-me
Tentando decifrar o meu pensamento
por algum momento, chega a me tocar
quebrando a inquietude do momento
invadindo o meu silêncio fazendo me 
lembrar.
O teu jeito, o teu cheiro, os teus beijos
a tua mão suave acariciando o meu rosto 
e você dizendo me amar.
E mesmo distantes nossos corpos se desejam
estendo os meus braços imaginários e te trago
até mim deito-a em meu braço.
Num abraço apertado eu sussurro
Obrigado por existir 
aperto-a mim e começo a falar de amor
E digo-lhe que a amo de forma tão imensa, 
tão intensa que chega doer.
Amo-a como a flor ama o perfume 
que ela própria produz
Como as palavras amam as poesias,
Te amo no amanhecer de cada dia.
Ah, eu te amo mais que muito, 
eu amo te amar.
  ___Joe Luigi