sexta-feira, 28 de novembro de 2014

O TEU AMOR



O TEU AMOR

Recolho da terra,
o teu amor
Como uma flor despetalada
Que o vento da solidão um dia soprou

Recolho do céu,
o teu amor
Como estrelas que um dia se perderam,
Que a nuvem do desengano um dia levou

Recolho do mar,
o teu amor
Como conchas esquecidas na areia,
Que uma onda traiçoeira afastou

Recolho da minha vida,
o teu amor
Como vida que sem vida está,
Que um dia, em minha alma, eternizou

Lúcia Polonio