segunda-feira, 11 de maio de 2015

AMOR



AMOR

Quatro letras associadas
que eclodem em felicidade…

Amor foi o que senti
quando te vi…
O olhar … o sorriso … tudo …

Cruzámos o olhar,
jogámos os dados da vida,
e percebemos que o mundo era nosso…

As emoções soltaram-se
na certeza dos sentimentos
e abraçaram-nos…
Aquele abraço reconfortante,
um beijo doce que diz mil palavras em silêncio,
o sangue em chamas …
numa viagem fascinante…
em que nós embarcávamos,
sempre que estávamos juntos.

Sonhos conscientes de mistérios encantados
momentos silenciosos 
que deslizavam suavemente em forma de poesia.

Contigo eu seguia a vida empurrada pela brisa 
da cor da incerteza com sabor a felicidade
e amava-te sem medo …
na melodia natural do tempo.

Amar é sonhar com um amanhã 
florido … perfumado … perfeito!

MARIANA LOUREIRO