domingo, 18 de outubro de 2015

Quando as palavras calam


Quando as palavras
calam
sentimentos não falam
as rimas fogem
de mim.
Chega a angústia sem
versos
pensamentos perplexos
sem rimas, sem
nexos enfim.
Quando as palavras
se calam
presas nas sombras ,
em algum lugar
na dor, no silêncio
que grita,
nas lágrimas que teimam
em não deslizar.
Palavras mudas, coração
perdido;
Sem nexo, angustiado está. 

*Elisabeth Gl da Conceição*