terça-feira, 1 de março de 2016

O meu amor...



O meu amor...

O meu amor,
Ele que chega, me aquece
Me entontece, inebria
Com tanta emoção.

O meu amor,
Que me olha, me desnuda
Com esses olhos de gavião
Ele me toca, e nesse momento
O meu mundo, vai ao chão...

O meu amor
Quando chega, nas mãos
Um carinho, um afago
E na boca, aquele beijo
Que é perdição....

O meu amor,
Faz e acontece, estremece
Meu pobre coração
E naquela hora, depois de tudo

Eu me acho, me extravaso
Sou pura emoção...
Ah! o meu amor....

É pura fascinação...

*Betânia Uchôa*