segunda-feira, 29 de maio de 2017

Anjo meu_

Como se você entrasse pelas frestas da janela
beija-me terna e sutilmente com beijos quentes
o meu corpo ainda meio entorpecido pelo sono.
Dando-me uma sensação de aconchego
em seu colo.
Penso estar sonhando e não quero acordar...
Preguiçoso não abro os meus olhos, viro para
o canto abraçado ao travesseiro querendo
sonhar só mais um pouquinho.
Pelo perfume suave no ar, percebo não ser
sonho e sim o meu amor.
Estendo os meus braços tentando alcançar
as suas mãos, que como um anjo me olha
dormir.
Sorrio ao vê-la encostada na cama me
olhando enquanto durmo.
Olho em seus olhos e você me diz:
Bom dia meu amor e repondo-lhe
bom dia meu anjo, sabia que eu te amo?!
Eu te amo mais que muito, te amo tudo que
alguém consegue amar.
E trago-a até mim e colocando-a dentro do meu
abraço, aperto-a em meus braços e nos beijamos.
Quando eu a abraço assim, tenho a sensação de
poder entrar dentro do seu coração.
Eu sei que nosso amor transpassa as barreiras
quase intransponíveis do amar, é amor de almas.
Não sei se saberei explicar...
Quando estamos juntinhos, queremos ficar mais
e mais.
É tanto amar, que por vezes tendo-a em meus braços,
eu tenho um medo louco de perde -la 
E sinto vontade de chorar.
______Joe Luigi
Direitos Reservados